Arquivo

Archive for novembro \08\UTC 2010

Desvendando o Blender (Parte 3.2)

Transformação de Objetos

No Blender podemos fazer três tipos de transformações em objetos sendo elas: mover. Rotacionar e escalonar.
Estas operações podem ser feitas tanto pelo Transform Widget do Blender ou por teclas de atalho, o que torna as transformações muito mais rápidas.
O Widget é um ícone colorido que aparece no centro dos objetos quando estes são selecionados, e este ícone pode assumir três formas específicas para cada tipo de transformação, onde para alterá-lo basta usarmos as combinações de Ctrl+Tecla de Espaço e escolher se desejamos habilitar ou desabilitar ou qual tipo de transformação à ser feita através de um menu que aparecerá.

Obs.: Também podemos alterar o Widget selecionando o ícone representante de cada modificação no Header da 3D View, como mostra a imagem abaixo:

Movendo Objetos (Grab)

Para fazer a movimentação dos objetos utilizamos a ferramenta Grab que pode ser acionado tanto pelo Widget quanto acionando a tecla G e para limitar o deslocamento do objeto que desejamos movimentar em um determinado eixo basta pressionarmos G e depois a letra correspondente ao eixo(X, Y ou Z).

Caso você pressione uma das teclas correspondentes as eixo duas vezes você estará limitando o movimento no eixo desejado local do objeto. Essa opção é ótima quando o objeto está inclinado, pois o sistema local do objeto segue o mesmo principio do em relação ao plano cartesiano.

Pivô (Pivot)

Bom antes de começar a falar sobre rotação e escala dos objetos, vamos falara um pouco sobre pivôs (pivots), que são nada mais do que os pontos de referência onde eles acontecem.
Para escolhermos os pontos de referência para essas transformações usamos o menu indicado na imagem abaixo:

Ele tem as seguintes opções:
Active Object: Ao escolher essa opção o centro do último objeto selecionado é usado como referência para as transformações;
Individual Object Center: Nesta opção os centros dos objetos selecionados são utilizados como referência par as transformações;
3D Cursor: O ponto de referência será a posição onde a posição do cursor 3D;
Media Point: O ponto médio que liga os centros dos objetos é tomado como referência;
Bounding Box Centre: Nesta opção será utilizado o centro de um cubo imaginário em que os objetos selecionados estão incluídos.

Rotação de objetos (Rotation)

Através dessa função podemos rotacionar os objetos no Blender que pode ser acionada pelo Widget ou pela tecla de atalho R, como podemos ver na imagem abaixo:

Também podemos limitar o eixo das rotações dos objetos, basta pressionarmos a tecla correspondente a tal (X, Y e Z), e se pressionarmos duas vezes a mesma limitamos a rotação do objeto de acordo com as coordenadas locais.

Escala (Scale)

Com esta função podemos escalonar os objetos, acionada através do Widget ou pela tecla de atalho S, como mostra a imagem abaixo:

Igualmente a função de rotacionar podemos também limitar o escalonamento do objeto em um eixo usando também teclas correspondentes ao mesmo (X, Y ou Z), não diferente da rotação e movimentação se pressionarmos duas vezes uma dessas teclas correspondentes aos eixos isso limitará a escala de acordo com as coordenadas locais.

Transformando Objetos com precisão

As transformações de objetos no Blender podem ser feitas com um pouco de precisão, para isso basta que no momento que você for fazer alguma transformação manter a tecla Ctrl pressionada, isso vai te possibilitar usar as linhas da grade como referência.
Na imagem logo abaixo podemos notar que uma pequena barra de status informa os valores numéricos usados na transformação para podermos ter uma referência.

Para obter um ajuste com ainda mais precisão basta manter a combinação das teclas Ctrl+Shift pressionadas enquanto você faz suas transformações, isso fará com que além das linhas principais grades você também tenha as linhas de divisão como referência.

Além dessas opções podemos também informar valores numéricos usando um menu de propriedades de transformação, para acessar esse menu temos a opção de ir no menu Object > Transform Proprierties ou através da tecla de atalho N, como podemos ver na imagem a seguir:

Através desse menu, podemos informar valores numéricos para a posição, rotação e escala, assim como também modificar os nomes dos objetos e proteger uma determinada transformação de um objeto clicando em um dos pequenos cadeados, como podemos notar na imagem abaixo:

Autora:
Lais Farias, graduanda do curso de Bacharel em Sistemas de Informação na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Referências:
BRITO,Alan. “Blender 3D: Guia do Usuário”, 3ª EDIÇÂO. Editora Novatec. Publicado em outubro de 2008 em São Paulo,SP.

Categorias:BLENDER, Tutorial