Archive

Archive for outubro \19\UTC 2010

BizSpark Camp Windows Azure (MIC Bahia)

outubro 19, 2010 Deixe um comentário

Pessoal, mais uma vez, trago a divulgação de um evento da Área de T.I na Bahia.

BizpsparkCamp é uma combinação de atividades/treinamentos composta por Evento + HOL (hands on labs) + POC (prova de conceito), possibilitando o amadurecimento de startups para execução de projetos. O formato dos BizSparkCamps foi concebido com base nas melhores práticas, começando com uma abordagem de abrangência e canalizando as atividades, aproveitando as melhores oportunidades para acelerar a adoção e gerando resultados para a economia local de software através das startups.

O programa foi projetado de forma flexível para acomodar diferentes atividades e para ajudar a aproximar os Centros de Inovação Microsoft (MICs) da comunidade de startups de sua região, alimentando a parceria entre a rede BizSpark e os MICs, proporcionando a aceleração do crescimento das startups envolvidas.

DATA: 04 de Novembro de 2010

LOCAL: Hotel Fiesta – Av. Antonio Carlos Magalhães, 711, Pituba / Salvador Bahia Brasil

PÚBLICO(S): Acadêmico, Arquitetura, Generalista de TI, Gerente de TI, Implementador de TI e Tomador de decisões de TI.

INSCRIÇÃO: contato@micbahia.com.br / (0**71) 9185-4922

Fonte: https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032464713&Culture=pt-BR

Categorias:EVENTOS EM TI

Desvendando o Blender (Parte 3.1)

outubro 14, 2010 2 comentários

Caro leitor, antes de começar pra valer, vamos falar um pouco sobre as teclas de atalho no Blender, pois elas merecem uma atenção toda especial.
Elas facilitam todo nosso trabalho por tornar rápido os processos nesta poderosa ferramenta de modelagem, animação assim como também criação de jogos.
Mas, não se preocupe em decorá-las todas agora, pois com o tempo você pensa “preciso duplicar esse objeto” e de repente se vê pressionando as teclas Shift+D.
Segue logo abaixo o link onde vocês podem encontrar uma lista de teclas de atalho e suas funções.

http://bit.ly/ajthAD

Criação de Objetos

Prontinho, agora que falamos um pouco sobre as teclas de atalho, então vamos ao assunto desta semana.
Para criarmos objetos no Blender 3D temos duas possibilidades, a primeira é acessando na parte superior da interface do mesmo o menu ADD e a segunda é pressionando a Barra de Espaço ou as teclas Shift+A onde aparecerá o Toolbox, nesta caixa estão várias opções de criação e manipulação de objetos, onde encontramos o menu ADD e através dele é possível criar elementos no 3D View, que vai desde figuras geométricas (sólidos e curvas) até luzes e câmeras.
Se quisermos criar, por exemplo, um cubo é só acessar ADD < MESH < CUBE e está criado, lembrado que o local que irá ser criado depende de onde você posiciona o Cursor 3D que já foi falado no post anterior

Seleção de Objetos

Para selecionar Objetos basta clicar com o botão direito do mouse, se quiser selecionar vários basta manter a tecla Shift pressionada enquanto seleciona os objetos.
Uma tecla que pode ser utilizada é A , quando a pressionamos todos os objetos que estão selecionados são retirados da mesma ou se nenhum objeto estiver selecionado após pressionada essa tecla todos passam a estar.
Outra tecla de atalho é o B, pois pressionado-a acionamos o Box Select fazemos uma area de seleção para escolher quais objetos selecionar. E se o objeto estiver em Edit Mode (Modo de Edição), e for pressionada duas vezes aparecerá um círculo onde você poderá “pintar” a seleção dos objetos com o botão esquerdo do mouse. Para aumentar a área de seleção podemos utilizar as teclas + e do teclado numérico.
Para entrar em Edit Mode basta pressionar a tecla TAB ou use o seletor de modos que está localizado na parte inferior da interface do Blender.

Outro modo de seleção é através do nome dos objetos, ao pressionarmos as teclas Shift+F4 aparecerá a tela de seleção de objetos, onde nesta nesta tela poderemos selecionar os objetos pelos seus nomes conforme mostra a figura abaixo:

Obs.: Para atribuir ou alterar o nome dos objetos basta ir no painel Editing tecla de atalho F9 e clicar na área indicana na figura abaixo:

Outliner

Esta é uma janela especial, onde através dela podemos alterar nomes e controlar objetos nas cenas (este tópico será abordado detalhadamente em um post mais além) do Blender de diversas formas.
Para acionar essa janela, faça uma divisão de janela na interface do Blender (Explicado em um post anterior) e selecione a opção de janela Outliner.
Existem dua opções de visualização desta janela, a Outliner e Oops Shematic, a primeira é uma visão em forma de lista e a segunda em forma de organograma, porem o controle de seleção de objetos Outliner é mais útil. Na lista do modo Outliner podemos selecionar os objetos clicando com o botão esquerdo do mouse, para selecionar vários objetos basta manter a tecla Shift pressionada.
Também é possível alterar o nome dos objetos neste painel em formato de list, é só manter a tecla Ctrl pressionada quen clicar com o botão esquerdo do mouse no objeto.

Mas, o que faz o Outliner se destacar são os controles que aparecem ao lado direito sob a forma de três ícones, como a figura nos mostra logo a baixo:

Olho: Esse ícone permite que você deixe ou não o objeto oculto na cena quando ele é acionado e o olho fica fechado ou aberto você está deixando o objeto oculto ou visível na cena respectivamente.
Seta: esse ícone funciona da seguinte forma, ele permite que quando acionado você desabilite a seleção do objeto fazendo com que a seta fique apagada. Essa ferramenta é ótima para cenas complexas em que necessitamos editar objetos mas sem acidentalmente alterar outros modelos 3D que já estejam prontos.
Paisagem: Este ultimo ícone controla a renderização do objeto.Mas sendo mais específico é ele que diz se o objeto será ou não renderizado, sendo assim mesmo fazendo parte da cena ele não aparece na renderização.

Centro dos objetos

Uma característica muito importante na manipulação de objetos no Blender é o posicionamento do centro de seus objetos, e sempre que criamos um objeto ele possuirá um centro como é mostrado na imagem logo abaixo:

Mais importante que saber que existe o centro dos objetos é saber manipulá-los, pois quando estamos em Edit Mode e deslocamos os vértices do nosso objeto o centro dele permanece estático e podemos ter o controle destes centros dos objetos através do painel Editing, como podemos ver na figura logo abaixo:

Duplicando Objetos

No Blender 3D podemos duplicar objetos que criamos, mas ao contrário de que todos imaginam não é usando as combinações de teclas Ctrl+C e Ctrl+V, pois se essas forem usadas você poderá acionar outras funções do Blender.
Para fazer a duplicação de objetos basta utilizar as combinações das teclas Shift+D ou Alt+D.
Quando usamos Shift+D fazemos uma cópia simples de nosso objeto selecionado, porem quando usamos Alt+D fazemos uma cópia chamada Linked Copy, onde todas as alterações de propriedades, como material e forma que forem feitas no objeto original serão feitas nas suas cópias que possuem link.
Caso você se arrependa de ter feito a cópia com link de algum objeto basta clicar no botão indicado na figura que estará logo abaixo e tornar como um objeto independente, neste botão também podemos ver quantas cópias com link foram feitas de um objeto.

Bom leitores isso é tudo por essa semana, até o próximo post!!!

Autora:
Lais Farias, graduanda do curso de Bacharel em Sistemas de Informação na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Referências:
BRITO,Alan. “Blender 3D: Guia do Usuário”, 3ª EDIÇÂO. Editora Novatec. Publicado em outubro de 2008 em São Paulo,SP.

Blender Total → http://bit.ly/ajthAD

Categorias:DIVERSOS