Arquivo

Archive for agosto \22\UTC 2010

Desvendando o Blender (parte 2)

Introdução ao Blender


Blender, o que é isso???

Meus queridos leitores, Blender é um software de modelagem e animação 3D de código aberto, ou seja, você não precisa pagar para usar essa ferramenta!

Ela está sob a licença GNU/GPL  que permite que qualquer pessoa tenha acesso ao código-fonte do programa para que possa fazer melhorias contanto de depois de feitas as modificações seja disponibilizado a comunidade.

E, para os que se interessam por games o Blender também permite-nos criar jogos, sem programação, e realizar pós-produção  de animações com um editor  de vídeo que já vem integrado ao sistema.

Contando um pouco da história do Blender

Tudo começou em 1995, onde em um estúdio de animação holandês ( NeoGeo) decidiu-se criar uma nova  ferramenta de modelagem e animação e essa mesma empresa mesmo tendo um rápido crescimento em 2000 não durou muito tempo.

Mas, no ano 2001 foi lançado o Blender Publisher que era voltado pro mercado da internet 3D interativa, mas devido ao fraco desempenho comercial e as dificuldades do mercado naquela época (pois é, naquela época essa  ferramenta era paga!) levou a parar o desenvolvimento do Blender.

E então para alegria geral da nação de modelagem e animação,  em 2002 foi criada a Fundação Blender , sem fins lucrativos e de código aberto visando dar a comunidade  que já conhecia a ferramenta a oportunidade de continuarem o desenvolvimento deste software e realizando neste mesmo ano também uma campanha chamada “Blender Livre”, que arrecadou doações para que a fundação conseguisse adquirir os direitos sobre o código-fonte e propriedade intelectual.

Ainda no ano de 2002, a mesma fundação conseguiu lançar o Blender com o código-aberto sob a licença GNU(General Public License), e continua sendo assim até o presente momento; desenvolvida como um projeto  com a colaboração da comunidade de usuários e sob o mesmo princípio.

Requisitos do Blender

Se você quer começar a utilizar esta ferramenta recomenda-se a seguinte configuração mínima:

  • Processador: 300 MHz ou superior;
  • RAM: 20 MB ou superior;
  • HD: 20 MB de espaço disponível;
  • Mouse com três botões;
  • Monitor que suporte 1.024 x 768 de resolução;
  • Com 16 bits de cor;
  • Placa de vídeo que suporte OpenGL com, no mínimo, 16 MB.

Como instalar o Blender em seu PC

  1. Fazer download da versão mais recente no site da Fundação Blender (WWW.blender.org );
  2. Se você fez o download de uma versão que esteja compactada do Blender (arquivo que tem a extensão “.rar”) será necessário descompactar esse arquivo para uma pasta em seu computador;
  3. Dentro da pasta está localizado o arquivo executável do Blender, execute-o para que o mesmo seja iniciado;

Obs.: Há um opção de você, futuro usuário deste software, de fazer o download de um instalador para plataforma Windows que basta só você seguir a instruções do próprio instalador.

E pronto, o Blender está prontinho pra ser explorado!!!

Lais Farias aluna do curso de Sistemas Informação

BRITO, Alan. “Blender 3D: Guia do Usuário”, 3ª EDIÇÃO. Editora Novatec, publiivcaod em outubro de 2008 São Paulo, SP.

Categorias:BLENDER